Opinião

É por isso coração

No salão iluminado
repleto de gente,
antigamente
a valsa, o samba, o bolero
predominavam.

Os casados
os namorados
do bolero é que mais gostavam.

À luz — a vienense
à média luz — o bolero.

Quem melhor do que nós dois,
do que ela e eu
girava, rodopiava, dançava
a valsa de Strauss
no salão iluminado?

Naquele giro elegante
meu coração enamorado
só para ela pulsava.

Nós éramos duas vidas
mas uma só na verdade.
É por isso, coração,
que hoje nesta solidão
eu sinto tanta saudade.

Silveira Rocha

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
>>1XBET
>>JADE