Opinião

Nos trilhos do futuro

Estivemos, eu, o vereador Valdir da Farmácia e a assessora de Imprensa da Câmara, Andréa Bombonatti, na última segunda-feira, visitando o Instituto Federal de Capivari. Em conversa com o diretor do Campus, Waldo Luis de Lucca, ele nos passou boas novidades sobre o Instituto. Hoje já são oferecidas 200 vagas para Técnico em Química e Informática. São 11 professores e 8 servidores administrativos. Waldo nos comunicou que será aberto um concurso e o número de professores e funcionários será dobrado. Isso significa que, com esses números de profissionais, um sonho antigo poderá se tornar realidade: a vinda de uma faculdade de Engenharia Química para Capivari.
O Instituto Federal está firmando convênio com a Secretaria de Educação para oferecer também o ensino médio integrado, ensino médio e técnico.
Como aconteceu em 2010, em poucos dias devem voltar os cursos de pouca duração, como tivemos no ano passado, química de alimentos e de informática, como exemplo.
O Diretor Waldo também comentou que está buscando parcerias com empresas para que os alunos possam atuar em estágios. Essa medida é ótima para os alunos, pois, em média, 70% dos estagiários acabam se firmando nas empresas.
Em outubro, ele pretende organizar a “Semana de Ciência e Tecnologia”, com palestras de empresários da cidade e região. Um dos proprietários da Microsal, Ibraim Menegom, que é químico, proferiu uma palestra aos alunos no primeiro semestre desse ano e nos disse que foi muito gratificante falar com os estudantes e passar para os futuros técnicos de química sua experiência.
A parte externa do prédio está em obras, mas faltam apenas alguns reparos até tudo ficar pronto.
A Prefeitura está fazendo a sua parte e o diretor Waldo fez questão de ressaltar o empenho do prefeito Campaci em relação ao Campus, como a construção de tratamento de água realizado pelo Saae, a construção da rotatória realizada pela Secretaria de Obras e a iluminação, além de a Prefeitura estar oferecendo telefone e internet para o Instituto.
O governo municipal está estudando a possibilidade de comprar o terreno que pertence a Cnec e fazer a doação ao Instituto Federal, isso ia ajudar em muito o desenvolvimento da instituição.
Com o empenho por parte da Prefeitura e pela competência do diretor Waldo Luis de Lucca, não se assustem se em 2013 Capivari conte com mais de um curso universitário federal.
Uma grande conquista para Capivari, pois apenas 28 cidades no Estado de São Paulo contam com um Instituto Federal e talvez a única com menos de 50 mil habitantes.
O Instituto atende alunos de toda região e a tendência é dobrar o número no ano que vem. É uma conquista de Capivari, mas atende a toda nossa região.
As empresas estão chegando na cidade e a mão de obra qualificada será muito importante para abrigar esses alunos nas futuras empresas.
Estão sendo estudados outros cursos técnicos para breve. É importante ressaltar que, além dos cursos serem gratuitos, tem vale alimentação aos alunos de baixa renda, para que eles se alimentem na hora do intervalo, e transporte gratuito.
O Instituto Federal há 3 anos era apenas um sonho distante, hoje é realidade. Não se espantem se, em um futuro próximo, o Instituto se transforme em uma Universidade Federal, é essa a intenção do governo municipal.

Ricardo Cruzatto Zata – Zatinha

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo