Região

Novo comandante da Polícia Militar de Piracicaba

Tenente-coronel já atuou no Corpo de Bombeiros e retorna

Comandar o Batalhão de forma a propiciar um ambiente de trabalho agradável e atender às demandas da sociedade de forma célere, com qualidade, são propósitos do novo comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar de Piracicaba, tenente-coronel/PM Adriano Manoel Rédua dos Santos, 49 anos de idade, que assumiu a Unidade na última semana.

Além do efetivo de Piracicaba – que compreende as 1ª, 4ª e 5ª Companhias e Força Tática -, o oficial irá comandar as cidades de Saltinho (SP), Rio das Pedras (SP), Mombuca (SP), Capivari (SP), Rafard (SP), Elias Fausto (SP), Águas de São Pedro (SP), Charqueada (SP), São Pedro (SP) e Santa Maria da Serra (SP).

Adriano-Manoel-Rédua-dos-Santos-polícia-militar
Alexandre Manoel Rédua dos Santos. Ele assumiu o comando do 10º Batalhão, que tem, como área de cobertura, 11 municípios (Foto: Mateus Medeiros)

O desafio é grande, de acordo com ele, e está voltado a contribuir com as questões de Segurança Pública, procurando envolver as forças políticas com solicitações para ações de prevenção primária, tais como iluminação de praças, conserto de ruas, limpeza de terrenos e fiscalizações de bares.

Entre os principais desafios sob seu comando, o tenente-coronel Rédua fala sobre adotar ações para aumentar a visibilidade do policiamento nas cidades com foco na prevenção.

“Quanto mais tempo as patrulhas ficarem disponíveis para rondas e estacionamentos em locais estratégicos, maior é a possibilidade de coibir ação delituosa ou de ser realizada uma abordagem por suspeita, ao invés de abordagem por infração penal contabilizada nas estatísticas”, revelou.

Policiamento padrão

Rédua disse que as modalidades de policiamento são padronizadas e definidas pelo comando geral e, por isso, não haverá policiamento diferente durante seu comando.

“Darei continuidade às modalidades Radiopatrulha, Força Tática, Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas), Ronda Escolar, Rural e Policiamento com bicicletas”, enfatizou.

Prevenção

Para o combate ao tráfico de drogas, ao furto e roubo de veículos, de acordo com o novo comandante, serão providenciadas Operações baseadas nos locais com maior incidência e de maior trânsito de delinquentes.

“Não é algo fácil, mas a Polícia Militar tem que abordar suspeitos antes de cometerem os delitos e a eficácia depende de inteligência e de informações prestadas por pessoas atentas às questões de segurança no bairro onde mora, estuda, passeia ou trabalha”, completou.

Formação

Adriano Manoel Rédua dos Santos formou-se em 1994, na Academia do Barro Branco, de onde saiu como aspirante a oficial. Ele está há 28 anos na corporação, dos quais 13 atuou no Corpo de Bombeiros e há 15 vem trabalhando no policiamento. Ele trabalhou no Corpo de Bombeiros de Piracicaba. Ele foi promovido a tenente-coronel no dia 25 do mês passado e foi transferido do 19º Batalhão, sediado em Americana (SP), para o Batalhão de Piracicaba.

Sobre a promoção

O coronel/PM Willians de Cerqueira Leite Martins, comandante do CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior Nove, disse que por efeito de promoção – de major a tenente-coronel – Rédua vai atuar à frente do 10º Batalhão, no lugar que vinha sendo ocupado pelo major Oliveira.

“Assim, o quadro de oficiais fica completo com possibilidade de dar continuidade ao trabalho, visando maximizar a sensação de segurança e redução dos índices criminais”, disse.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios