DestaquesRegião

Dia Nacional do Doador é marcado por queda de 30% nas doações de Sangue

Dia 25 de novembro, quarta-feira, foi ‘lembrado’ o Dia Nacional do Doador de Sangue. Este ano, a data não teve muito o que comemorar, e o motivo é a queda nas doações de bolsas de sangue em todo o Brasil.

Para motivar a doação e conscientizar os voluntários que doar sangue não aumenta os riscos de contrair a COVID-19, foi lançada esta semana, em todo o país, a Campanha “Somos Todos do Mesmo Sangue”, uma iniciativa que reúne os hemocentros dos estados e do Distrito Federal.

Segundo a assistente social de Captação de Doares do Hemocentro da Unicamp e responsável pela Assessoria de Comunicação do Hemonúcleo de Piracicaba, Kelly Cristina Borges, com a chegada da pandemia, as doações caíram 30%.

“As doações estão abaixo do ideal e isso é preocupante, pois ainda é muito alta a demanda existente. Em relação ao mesmo período do ano passado registramos uma queda de 30%”, explica.

Kelly revela que durante a pandemia não houve interrupção no atendimento aos doadores. Um dos exemplos é o Hemonúcleo de Piracicaba, referência para os doadores de sangue de Rafard e Capivari. Medidas de segurança foram adotadas, como o agendamento on-line, uso do álcool em gel em todas as etapas, distanciamento e abordagem inicial em área externa para orientações.

Para agendamento de doação de sangue no Hemonúcleo de Piracicaba, o contato é através do telefone (19) 3422-2019. Para utilizar a ferramenta do agendamento on-line basta acessar o link: https://agendamento.hemocentro.unicamp.br/ e clicar na agenda disponível para Piracicaba.

Em Rafard, não há campanhas de doação de sangue há três anos, a última foi em 2017. A justificativa, de acordo com o Departamento de Saúde, são os custos para promover a doação de sangue, uma vez que, na última campanha, a procura foi muito baixa, e o resultado foi de apenas 30 bolsas coletadas.

Os que procuram o Serviço de Saúde para doar sangue em Rafard são orientados a realizarem diretamente no Hemonúcleo de Piracicaba.

Já em Capivari, as campanhas aconteceram mesmo apesar da pandemia. Cuidados específicos foram adotados para prevenir a COVID-19, e, em 2020, foram realizadas duas campanhas. A primeira foi em março, com 109 bolsas de sangue coletadas. A segunda aconteceu em julho, com 122 bolsas coletadas. Para o próximo ano, o município já aguarda confirmação de duas novas datas.

Ivanete Cardoso

Jornalista - MTB 57.303
Botão Voltar ao topo