Rubinho de Souza

Recorte do Jornal “O Progresso” – 18/02/1956

Vejam que interessante, há exatos 65 anos atrás, através do Jornal “O Progresso” do inesquecível José Miguel Bósio, a população já fazia cobranças sobre o problema da água, e também da conservação da Praça da Bandeira, mas visto que nesse tempo, Raffard ainda era uma Vila de Capivari, os moradores, recorriam ao jornalista editor e seus colaboradores, para que através do jornal, fizesse chegar até a administração de Capivari, os reclamos da população.

Hoje, são usados outros meios de comunicação, mais diretos e mais eficazes, que são as redes sociais. Através destas, o eleitor contribuinte e pagador de impostos, incisivamente tem cobrado dos governantes, ações no sentido de melhorar a qualidade e eficiência no atendimento do fornecimento de água na cidade Coração.

Vejam caros leitores, que naquele tempo, foram implementadas ações pelo recém empossado Prefeito de Capivari, o Sr. Miguel Simão Neto, que prontamente atendeu a demanda do fornecimento de água para a população de Villa Raffard, construindo dois poços artesianos na Chácara do Sr. Manuel Moreira. Isso fica claro, numa conversa que aconteceu na Barbearia de Américo Chiarini, entre o autor da nota (foto) e o Prefeito.

Transcrevo abaixo para facilitar a leitura dos caros leitores, a íntegra da publicação recortada do Jornal “O Progresso” datada do dia 18 de fevereiro de 1956, onde se lia a seguinte nota, com o título: “Cada coisa” assinada pelo autor, com o pseudônimo de “Pery Khyto” que a meu juízo, provavelmente seja aquele senhor, irmão do Sr. Manoel Alves, que morava na Rua Capitão José Duarte Nunes.

“Passando pelo nosso jardinzinho, tive vontade de pedir ao Sr. Prefeito Municipal mande restaurar aquele pobre banco escangalhado, e bem assim repor novos globos onde faltam, a ver se um pouco mais de consciência permite que não mais os quebrem.

E tive vontade ainda de pedir-lhe que, mesmo conservando este pequeno jardim, mande logo fazer o outro grande, lá pelas bandas do “Último Gole”.

recorte-jornal-o-progressoTeríamos então maior espaço para devaneios…

Nisso tudo continuava pensando eu, já com a cara ensaboada, pronta para ser escanhoada, quando “baixou” no Salão do Américo, qual Anjo Gabriel, o Prefeito Miguel, acompanhado por esse moço vibrátil e comunicativo, também grande amigo d’ “O Progresso” que é João Jarussi Neto – atualmente inspetor da Sulacap na Bahia.
Naturalmente, depois dos cumprimentos de pragmática, falou-se da recém iniciada administração do nosso Prefeito.

Pois bem, manda ele comunicar ao Povo de Rafard – que na 2ª feira terão começo os preparativos para perfurar dois poços artesianos, em terras de Manuel Moreira, que darão no fim deste ano, água à Rafard.
Fica dito. Amém.”

E assim caro leitor amigo, encerro esta publicação, com o objetivo de conscientizar a todos o quanto é importante cobrar dos nossos governantes soluções para o futuro, pois tendo em vista, que nossa cidade está crescendo rapidamente, se faz necessário que a infraestrutura, que dará condições de atendimento à demanda desse crescimento, seja urgentemente implementada, não só no quesito do fornecimento de água, mas noutros setores, que se não forem ampliados, também terão deficiência no seu fornecimento.

Grato pela leitura, e um grande e fraterno abraço.logo do fundo do baú raffard

Botão Voltar ao topo
Skip to content