Geral

Artigo – Dicas – Ciclistas também devem respeitar as leis de trânsito

Gillys Esquitini Scrocca - Delegado de Polícia, advogado, professor, radialista e colunista capivariano

A bicicleta é considerada um veículo (meio de transporte humano), para tanto todo ciclista deve estar ciente de seus deveres e direitos no trânsito. O ciclista deve respeitar as leis de trânsito. Compete aos Municípios, no âmbito de seu território, planejar, projetar, regulamentar, operar o trânsito e promover o desenvolvimento da circulação e da segurança de ciclistas.
Nas vias urbanas e nas rurais de pista dupla, a circulação de bicicletas deverá ocorrer, quando não houver ciclovia, ciclo-faixa, no acostamento, quando não for possível a utilização destes, nos bordos da pista de rolamento, no mesmo sentido de circulação regulamentado para a via, com preferência sobre os veículos automotores.
A autoridade de trânsito poderá autorizar a circulação de bicicletas no sentido contrário ao fluxo dos veículos automotores, desde que dotado o trecho com ciclo-faixa.
O ciclista desmontado empurrando a bicicleta equipara-se ao pedestre em direitos e deveres.
São equipamentos obrigatórios dos veículos, entre outros, para as bicicletas: a campainha, sinalização noturna dianteira, traseira, lateral e nos pedais, e espelho retrovisor do lado esquerdo.
É considerada uma infração de trânsito deixar de guardar a distância lateral de um metro e cinquenta centímetros ao passar ou ultrapassar bicicleta, deixar de dar preferência de passagem a pedestre e a veículo não motorizado que se encontre na faixa a ele destinada e deixar de reduzir a velocidade do veículo de forma compatível com a segurança do trânsito ao ultrapassar ciclista.
Na cidade de São Paulo, desde segunda-feira (14), o desrespeito a ciclistas dá multa de até cento e vinte sete reais. Assim o condutor que se aproximar demais do ciclista, dirigir sem atenção quanto sua segurança, forçar o ciclista a alterar seu percurso, frear muito próximo a bicicleta e virar a direita sem esperar o ciclista.
Capivari realiza anualmente um passeio ciclístico que mobiliza muitas pessoas, seria interessante aproveitar esse contingente para conscientização de todos sobre os direitos e deveres dos ciclistas. Também não percebemos em nossa região ações públicas no sentido de dar aos ciclistas condições de tráfego com ciclovias ou até mesmo ciclo-faixa. Em contrapartida, cresce o número de acidentes de trânsito envolvendo àqueles que se aventuram a utilizar a bicicleta como veículo, para o lazer ou mesmo para atividades esportivas, enquanto em países desenvolvidos, essa prática é bastante difundida e utilizada, sendo considerado o meio de transporte mais saudável das pessoas do mundo contemporâneo.
Vamos pedalar, mas com segurança.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
>>1XBET