Geral

Artigo – Marcel Capretz

Nada é por acaso!
O atual time do Santos encanta até quem não é santista. Não há como ver os passes de Ganso, a genialidade de Neymar e não se emocionar. Na esteira do sucesso dos jogadores e do técnico Muricy Ramalho, o presidente do Peixe, Luis Álvaro, é quem deve receber os mais sinceros aplausos para esta espetacular fase do time. Quando todos achavam que a história se repetiria, que o futebol europeu tiraria prematuramente mais um craque do Brasil, o presidente entrou em ação. Foi ousado. Teve visão. E mudou o curso da história.
Seria mais fácil ter vendido Neymar. O dinheiro oferecido tanto pelo Barcelona como pelo Real Madri era muito atraente. Luis Álvaro não seria acusado de omissão já que os clubes brasileiros se acostumaram a ver suas pedras preciosas saírem no primeiro brilho. Mas são as grandes missões que trazem as grandes vitórias. Foi traçado um plano muito bem fundamentado para Neymar. O presidente, junto com todo seu staff, angariou empresas que usariam a imagem do jovem ídolo em seus produtos. Desta forma, o dinheiro para a permanência dele está garantido. Neymar ganha hoje no Santos, um valor muito próximo ao que ganharia na Europa. É verdade que aqui ele tem que se desgastar indo a eventos publicitários e gravando comerciais. Porém seus vinte anos aguentam fácil! Até porque a vida de rei que ele tem aqui jamais teria em qualquer outro país!
Um clube não faz história por acaso. A persistência e a coragem de um dirigente são fundamentais para os sonhos virarem realidade no futebol.

Seleção
Se Neymar está decolando, Ronaldinho Gaúcho está aterrizando. Impressionante, desde que chegou ao Flamengo, sua falta de personalidade em campo e sua péssima forma física em função das extenuantes noitadas, regadas a muito funk, a que se submete. Pelo menos, Mano Menezes, técnico da seleção brasileira, percebeu que apenas o passado de um jogador não o credencia a aparecer em uma lista de convocação. Influenciado ou não por José Maria Martin, presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Mano parou de perder tempo e não o chamou para os amistosos que acontecem nas próximas semanas. Antes tarde do que muito mais tarde!

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
>>1XBET