Tecnologia

Conheça as 10 maiores em Adquirência no universo digital brasileiro

As finais do prêmio iBest 2021 começam agora com votação aberta ao público

Os Top10 Brasil em vídeo

As empresas de adquirência são responsáveis pela maior parte dos pagamentos, e são conhecidas pelas suas famosas “maquininhas”.

Se há poucos anos poucas marcas dividiam este mercado, hoje existem várias empresas que souberam aproveitar a transformação digital, criando uma competição saudável e positiva para todos que precisam destes serviços.

A lista divulgada hoje pelo prêmio iBest mostra aquelas que mais se destacam no segmento. A premiação seleciona os melhores do universo digital com um algoritmo que pesquisa e quantifica milhares de iniciativas em todas as áreas de consumo, apontando matematicamente os destaques de cada categoria para definir os Top10 do país a cada ano.

Top10

Confira as 10 melhores empresas de Adquirência do universo digital brasileiro:

• Adyen
• Bin
• Cielo
• Getnet
• InfinitePay
• PagSeguro PagBank
• Pop Credicard
• Rede
• SafraPay
• Stone

Acesse o site para saber mais sobre cada finalista.

Os brasileiros irão consagrar quem é o melhor do Brasil em votação que se inicia hoje, em www.premioibest.com, e que vai até 29 de agosto.

Para Marcos Wettreich, CEO do iBest, o prêmio também cumpre a função de bússola do mercado ao apontar a direção do interesse do consumidor brasileiro.

“O iBest funciona como uma certificação digital para os melhores do país, ancorando a escolha do grupo de finalistas a métricas de engajamento, alcance e relevância e permitindo que as mais significativas tenham a visibilidade e o reconhecimento de mercado pela sua liderança”, complementa Wettreich.

Em 2020, a vencedora do prêmio popular e da Academia foi a Stone, que novamente está nas finais concorrendo, com Cielo, que foi Top3 no ano passado.

Augusto Lins da Stone, ganhadora dos prêmios popular e da Academia, na categoria Adquirência, em 2020 / Divulgação iBest

Recorde de votação e novidades

O crescimento de alcance da premiação ficou claro nas primeiras semanas deste ano, quando mais de três milhões de votos foram computados apenas na Fase Seleção, que indicou participantes para o Top10.

Nesta edição, a penetração do prêmio também aumentou significativamente, expandindo de 50 para 81 categorias contempladas.

Agora, o iBest também aponta as principais revelações em áreas como Música e Humor; melhores por estado e iniciativas ESG, com boas práticas ambientais, sociais e de diversidade, entre outros assuntos de importância no mundo digital. Os vencedores serão anunciados em novembro.

História

O iBest foi realizado pela primeira vez em 1995 e aconteceu até 2008, período em que foi não somente o maior prêmio da internet do Brasil, mas também do mundo. Em 2003, foi adquirido pela Brasil Telecom (atualmente Oi).

Em 2020, Marcos Wettreich assumiu, novamente, o controle da marca e relançou a premiação, ampliada e focada em todo o universo digital.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content