Tecnologia

Os Top10 Creators do Brasil

As finais do prêmio iBest 2021 começam agora com votação aberta ao público

Os Top10 Brasil em vídeo

O Creator é o maior responsável pelo sucesso de qualquer conteúdo digital de ponta. E aquele que cria, dita, aponta, resolve, e muitas vezes protagoniza as realizações digitais mais ou menos conhecidas de todo o universo digital.

Podem ser artistas, empresários, comunicadores, estudantes ou nada disso, pois o diploma não certifica para o que importa – muita vontade, dedicação e o dom especial para a entender o público e entregar o que se precisa.

Se destacar diante de tantos canais e plataformas, e entre tantos comunicadores de máximo carisma, não é tarefa fácil, e alguns dos maiores creators são também hoje algumas das maiores personalidades do Brasil.

A lista divulgada hoje pelo prêmio iBest mostra quem mais se destaca na produção de conteúdo digital no Brasil hoje. A premiação seleciona os maiores do universo digital com um algoritmo que pesquisa e quantifica milhares de iniciativas, apontando matematicamente os destaques de cada categoria para definir os Top10 do país a cada ano.

Top10

Confira os 10 Creator do Ano no universo digital brasileiro::

• Anitta
• Felipe Neto
• Júlio Cocielo (Canal Canalha)
• Konrad Dantas (Kondzilla)
• Lucas Rangel
• Luccas Neto
• Lukas Marques e Daniel Mologni (Você Sabia?)
• Maisa
• Pedro Afonso Rezende (rezendeevil)
• Whindersson Nunes

Acesse o site para saber mais sobre cada finalista.

Os brasileiros irão consagrar quem é o melhor do Brasil em votação que se inicia hoje, em www.premioibest.com, e que vai até 29 de agosto.

Para Marcos Wettreich, CEO do iBest, o prêmio também cumpre a função de bússola do mercado ao apontar a direção do interesse do consumidor brasileiro.

“O iBest funciona como uma certificação digital para os melhores do país, ancorando a escolha do grupo de finalistas a métricas de engajamento, alcance e relevância e contribuindo para que as mais significativas tenham a visibilidade e o reconhecimento merecidos”, complementa Wettreich.

Recorde de votação e novidades

O crescimento de alcance da premiação ficou claro nas primeiras semanas deste ano, quando mais de três milhões de votos foram computados apenas na Fase Seleção, que indicou participantes para o Top10.

Nesta edição, a penetração do prêmio também aumentou significativamente, expandindo de 50 para 81 categorias contempladas. Agora, o iBest também aponta as principais revelações em áreas como Música e Humor; melhores por estado e iniciativas ESG, com boas práticas ambientais, sociais e de diversidade, entre outros assuntos de importância no mundo digital. Os vencedores serão anunciados em novembro.

História

O iBest foi realizado pela primeira vez em 1995 e aconteceu até 2008, período em que foi não somente o maior prêmio da internet do Brasil, mas também do mundo. Em 2003, foi adquirido pela Brasil Telecom (atualmente Oi). Em 2020, Marcos Wettreich assumiu, novamente, o controle da marca e relançou a premiação, ampliada e focada em todo o universo digital.

Jornal O Semanário

Esta notícia foi publicada por um dos redatores do jornal O Semanário, não significa que foi escrita por um deles, em alguns dos casos, foi apenas editada.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Skip to content