Politicaliente

Politicaliente

Túlio Darros, jornalista e publicitário, diretor-proprietário do Jornal O Semanário

Sem pressão – Com tranquilidade, Marco Antonio Brigati foi eleito presidente da Câmara Municipal de Rafard para o biênio 2019/2020. Ele recebeu 6 votos e terá como companheiros na mesa diretora, Daniel Teodoro (vice-presidente), Wagner Bragalda (1º secretário) e Alex Sandro Domingues Santos (2º secretário). Boa sorte e sucesso ao novo presida!

Com pressão – Em Capivari, a sessão extraordinária para eleição da nova mesa diretora foi mais tensa, disputada e emocionante. A chapa do vereador Flávio Carvalho venceu por 1 voto de diferença do seu algoz, Nelson Soares. Com o voto do vereador Binga para ele mesmo e a abstenção de Gamaliel, Flávio Carvalho foi eleito presidente com 6 votos contra 5 da chapa de Nelson Soares. A mesa diretora também contará com os vereadores Valdir da Farmácia (vice-presidente), Dr. Guacyro (1º secretário) e Junior Pazianotto (2º secretário).

Desistência – Em Rafard, o vereador Fabio dos Santos retirou sua candidatura para 1º secretário na chapa de Brigati. Nos bastidores, uns dizem que a retirada se deu quando Fabinho se deu conta que teria que ficar lendo as pautas durante as sessões. Outros dão certo que houve uma negociação para angariar o voto do vereador Bragalda, que havia lançado candidatura solo para o cargo de 1º secretário.

Desistências 2 – Na Terra de Poetas, os vereadores Tambuzinho e Denilton Rocha também retiraram a candidatura à presidência para apoiar a chapa de Nelson Soares.

Furioso – O vereador Tambuzinho desabafou que só retiraria a candidatura por falta de apoio do seu colega de bancada, Valdir da Farmácia, e também do partido PSL. Valdir foi eleito vice-presidente na chapa de Flávio Carvalho. O clima não foi dos melhores!

Fiel – Já o vereador Eliseu Serrano, declarou que apoiaria a presidência de Flávio, porém, por fidelidade ao seu partido – PR – votaria na chapa do seu colega de bancada, Nelson Soares. Esse saiu bem dos dois lados!

Visitando – O ex-prefeito Cesar Moreira participou da última sessão ordinária do ano na Câmara de Rafard e aproveitou para acompanhar a aprovação das suas contas do ano de 2016. “Uma administração igual a minha vai ser difícil de encontrar”, disse após o término da sessão. Moreira disse que não será mais candidato a prefeito, mas com certeza apoiará um candidato nas próximas eleições.

Animosidade – O clima entre os vereadores Alex Sandro e Mario Severino parece estar um pouco pesado. Isso ficou claro na votação, já que Severino se absteve de votar nos cargos de 2º secretário (Alex) e vice-presidente (Daniel). Seu apoio foi apenas para Fontolan para presidente e Wagner para 1º secretário. Assim que foi lido o voto de Severino, o vereador Alex disparou – “não preciso do seu voto”.

Desanimado – A postura do vereador Mario Severino transparece um certo desanimo com a política rafardense e com as pessoas. Talvez a falta de apoio para galgar a presidência do Legislativo tenha frustrado o vereador, que já tentou articular nas duas eleições e não conseguiu.

Favela – O vereador Wagner Bragalda foi criticado nas redes sociais por um comentário sobre a Fazenda Itapeva em sessões anteriores e usou a tribuna livre para esclarecer sobre alertar que o local poderia se tornar uma favela se continuar da forma que está.

Despedida – A atual presidente do Legislativo aproveitou para agradecer e se despedir do cargo, fazendo um resumo dos seus dois anos à frente da Casa de Leis. Parabéns à primeira mulher presidente da Câmara de Rafard, que conduziu difíceis situações durante o seu período, como a cassação do ex-prefeito Uil Maia e parte da investigação contra o desvio de recursos causados por uma servidora em gestões passadas.

Por hoje é só, semana que vem, se Deus quiser, a gente volta com mais novidades dos bastidores da política.

Por Túlio Darros, jornalista e publicitário, diretor-proprietário do Jornal O Semanário

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar