Esportes

Brasileiros em Merseyside: Cinco craques que jogaram pelo Liverpool

Recentemente, foi divulgado que o Liverpool contratou o goleiro Marcelo Pitaluga, de 17 anos, do Fluminense. Ele se junta a um grupo de goleiros, incluindo o compatriota Alisson, e os demais Adrián e Caoimhín Kelleher – embora se acredite que o adolescente jogará pelas equipes da base dos Reds. Sendo o Liverpool muito desejado em todos os últimos palpites de futebol, celebramos a chegada de Marcelo a Merseyside com um olhar para os cinco dos melhores brasileiros que jogaram pelo Liverpool.

  1. Fábio Aurélio (2006-12)

Começamos com o primeiro brasileiro a jogar pelo clube da Premier League. Fábio Aurélio chegou contratado do Valência a custo zero, seguindo o seu treinador no Mestalla, Rafael Benítez. Depois de brigar com John Arne Riise por uma vaga na lateral, Fábio Aurélio se firmou como titular da lateral-esquerda. Infelizmente, as lesões cobraram seu preço. Seis anos e 87 jogos depois, ele voltou ao Brasil e assinou com o Grêmio. As lesões obrigaram Fábio Aurélio a se aposentar em 2014.

  1. Lucas Leiva (2007-17)

Lucas Leiva tinha 20 anos quando saiu do Grêmio para o Liverpool por 5 milhões de libras. Uma enorme pressão seguiu sobre ele, já que era definido como um dos maiores talentos da América do Sul na época. Depois de lutar para se firmar no futebol da Premier League em suas primeiras temporadas, Lucas se tornou um volante tenaz e, entre 2010 e 2016, foi o líder em desarmes por jogo na Premier League. Ele pode não ter deixado sua marca, mas certamente era um dos jogadores favoritos dos torcedores e um herói cultuado em Merseyside.

  1. Roberto Firmino (2015-presente)

Considerado uma das melhores contratações de Brendan Rogers, Firmino chegou ao Anfield vindo do clube alemão Hoffenheim. Desde então, desempenhou um papel fundamental no sucesso do Liverpool e muitas vezes é descrito como o “motor” do time. Ele é tecnicamente brilhante e possui um excelente ritmo de trabalho, além de sua criatividade e habilidade com a bola. Firmino é o maior artilheiro brasileiro na história da Premier League, marcando 57 gols em 179 partidas.

  1. Philippe Coutinho (2013-18)

Apelidado de ‘Mágico’, Coutinho é outra estrela da era Rogers. Ele chegou ao Liverpool vindo da Inter de Milão, onde não causou boa impressão – mas certamente brilhou com Kop. Fazendo mais de 200 jogos em todas as competições e marcando 54 gols, foi uma pena que ele não ganhou nenhum título com os Reds. Em busca do sucesso, ele deixou Anfield em 2018, indo para o Barcelona, em um negócio no valor de 142 milhões de libras.

  1. Alisson (2018-presente)

Uma contratação obrigatória antes da campanha de 2018-19 seria de um goleiro, depois que o Liverpool foi derrotado na final da Liga dos Campeões de forma calamitosa. Alisson juntou-se aos Reds por 67 milhões de libras e seu preço valeu a pena. Ele esteve sempre presente entre as balizas durante sua temporada de estreia na Premier League, e o goleiro conquistou a Luva de Ouro após passar 21 jogos sem sofrer gols (um a mais que o compatriota Éderson, do Manchester City). Ele também teve um papel fundamental no sucesso do Liverpool na Champions League. Enquanto ele passou períodos da última temporada no banco de reservas, ele ainda teve uma participação sólida pelos Reds, ganhando o título da Premier League, e passando 13 jogos sem sofrer gols.

Botão Voltar ao topo