Leondenis Vendramim

Três histórias para você concluir

Exponho três histórias verídicas, muito interessantes para o leitor escrever a conclusão. A primeira aconteceu nos EUA, no Estado de New Jersey. Jack Jeffrey foi um “serial killer”. Levava moças para sua casa, matava-as, picava-as e colocava no freezer. E para nossa repulsa, comia-as em suas refeições. Até que um dia foi descoberto, prenderam-no.

No dia do seu julgamento não se mostrou arrependido, pelo contrário, muito sereno, chegou a sorrir no momento de sua sentença: “condenado à morte na cadeira elétrica”. Nos EUA não se executa imediatamente.

Jack ficou na cadeia por quase um ano para receber a última refeição. Nesse tempo recebeu uma visita que lhe entregou uma Bíblia. Começou ler de forma irônica, contudo, três meses depois, ele escreveu uma carta pedindo perdão às famílias que enlutara, à Corte que o julgara e ao povo.

Escreveu que estava no corredor da morte, reconhecia a justiça da sentença, mas que iria morrer tranquilo e livre porque Cristo o libertara da morte eterna.

A segunda história aconteceu com uma jovem chamada Elcana P. Morais Lopes de Araguaína, TO, em 2009. Terminando o curso de História ela foi fazer faculdade de música em uma faculdade adventista. No entanto, diz ela: “quando cheguei percebi que não havia vaga no internato”.

“Permitiram-me dormir na capela do residencial feminino por três noites, mas com a superlotação e necessidade de uso da capela, minhas possibilidades de ficar no internato terminaram, e eu ainda não havia conseguido uma casa.

Além disso, para meu desespero, o dia estava no fim e eu não tinha onde dormir. Sem saber o que fazer, caminhei desolada até à portaria do campus e encontrei um rapaz que tentou me ajudar, mas sem sucesso.

Enquanto conversávamos, uma moça passou por nós e, após se afastar um pouco, retornou e me perguntou se eu gostaria de ficar em sua casa até eu encontrar um lugar para ficar. Meu coração palpitou de felicidade, e logo respondi que sim”.

“Alegria e gratidão a Deus pela bênção recebida resumem o que senti naquele momento. Ele queria que eu soubesse que aquilo não havia sido uma coincidência. Após algum tempo, a moça que me recebeu me confessou”: ‘Naquele dia, não queria convidá-la. Passei por você e continuei meu caminho.

Contudo senti que Deus estava me dizendo: Volte e chame aquela jovem para sua casa. Não queria fazer aquilo, então continuei andando; porém, novamente ouvi em meu coração: Volte e chame aquela jovem! Mais uma vez, disse não. Até que ouvi pela terceira vez: Chame-a. Foi aí que decidi voltar e chamar você’. “Deus me guiou até o fim do curso… Por esta experiência, entendi e percebi que a destra de Deus sempre vai me sustentar”.

“Se o Senhor cuidou de mim, Ele também cuidará de você. Que tal deixar que essa mão poderosa fortaleça, ajude e sustente você”? (Meditação Matinal, 2020 p. 277).

A terceira aconteceu com “Falcão”, apelido de guerra de um traficante de drogas do Rio de Janeiro. Falcão era um traficante de prestígio na sua facção – CV. Era um dos líderes. Enfrentou policiais em vários tiroteios, matou, segundo ele mesmo três policiais; era temido por todos. Enfim, Falcão foi preso.

Apanhou muito, quebraram-lhe vários ossos, e o abandonaram na cela, tido como morto. Entretanto, com os passar dos dias, recobrou a vida. Um visitante anônimo lhe deu uma Bíblia, que ele passou a ler como passatempo, e descobriu nela que Jesus veio chamar o pecador (Mt 9:13).

Ele me disse: “Ali eu me ajoelhei e orei: Se Tu existes e vieste chamar-me, tira-me daqui e eu vou contar a todos os milagres que fizeste por mim”. Dois dias depois, recebeu a carta de soltura.

Falcão esteve uma semana em minha casa. Falou aos membros da nossa Igreja, mostrou os sinais das sete balas pelo corpo, três delas ainda estavam cravadas. Ele apelava para que abandonassem os vícios, cressem no Deus, para quem nada é impossível.

Após ler estes relatos muito abreviados qual é a sua conclusão? Você acha que Deus existe, está Vivo e participa da sua história? “O néscio diz no seu coração: Não há Deus” (Sl 53:1). Não se admire, no século 21 há muitos deles, pois Jesus previu: “… quando vier o Filho do Homem achará fé na Terra?” (Lc 18:8).

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo